Novo sistema conservante sem parabeno

Foi lançado no mês de maio um novo sistema conservante multifuncional que associa o álcool benzílico (Benzyl Alcohol), etilexilglicerina (Ethylhexylglycerin) e tocoferol (Tocopherol). A etilexilglicerina desestabiliza a tensão interfacial das membranas celulares de microrganismos, melhorando a atividade do álcool benzílico.

Essa mistura da Shcülke Inc., o Euxyl K 900, tem um amplo e equilibrado espectro de eficácia contra bactérias, fungos e leveduras, em concentrações de 0,5 a 1,1%. Como benefícios associados, esse ingrediente também obteve comprovação de atividade desodorante, por inibir o crescimento e multiplicação das bactérias que causam o mau odor.

As fórmulas verdes, ricas em ingredientes naturais, têm risco maior de contaminação microbiana. Essa seria a principal contribuição dessa nova mistura conservante, segundo o fabricante. Por isso ele é uma alternativa conservante para cosméticos orgânicos e para fórmulas sem parabeno, sem formol e sem tiazolinonas. É indicado para produtos leave-on, lenços umedecidos e fórmulas sensíveis.

Opinião do autor: desde a crucificação dos parabenos que a indústria vem buscando alternativas de sistemas conservantes para cosméticos. A grande tendência nessa vertente, os grandes aliados dos formuladores têm sido os ácidos orgânicos, a etilexilglicerina e o fenoxietanol. O maior desafio ainda é manter as fórmulas estáveis e com os mesmos parâmetros físico-químicos sem aumentar muito o custo das fórmulas. Mas apostar nos ácidos orgânicos é uma boa alternativa. Só é necessário se atentar para o pH final da fórmula para não inibir a ação antimicrobiana.

No Brasil, os ingredientes da Schülke são distribuídos pela Dinaco.

Fonte: Gentle Preservative System Launched

Atualizado em 04 de julho de 2014.