Alerta sobre as cumarinas

Segundo a base de dados de ingredientes da Mintel, a substância cumarina é encontrada em 5000 cosméticos e detergentes, incluindo os produtos de cuidados pessoais. Pesquisadores do Federal Institute for Risk Assessment (BfR), Alemanha, alertam os fabricantes e consumidores que o ingrediente natural pode causar dano renal e desencadear alergias em indivíduos sensibilizados. Além disso, experimentos em animais indicaram que altas concentrações de cumarina podem causar câncer. Segundo eles, os consumidores podem estar expostos a altos níveis de cumarinas utilizando diferentes produtos que contenham o ingrediente.

Estrutura química geral da cumarina

Eles analisaram a quantidade de cumarina em cosméticos e a encontraram em uma ampla gama de produtos e em níveis elevados em alguns perfumes. Até mesmo géis, loções e óleos corporais contém quantidade de substância suficiente para que os consumidores, por meio do uso regular, ultrapassem 20% o limite diário de consumo de uma miligrama.

O limite diário de cumarina definido para alimentos é de no máximo 2mg de cumarina por kg de alimento. Para os cosméticos, no entanto, não há limite máximo definido ainda. Além de recomendar a redução da exposição às cumarinas, a BfR alerta que o ingrediente não deve ser utilizado em produtos infantis e pedem novas pesquisas para descobrir se a substância tem a mesma ação no fígado quando é absorvida pela pele e ingerida, pois acredita-se que ela seja menos danosa quando absorvida pela via cutânea.

Nos Estados Unidos, quem critica a indústria pelo uso de cumarina é o The National Toxic Encephalopathy Foundation (NTEF).

Opinião do autor: Toda substância química tem alguma ação em um organismo vivo. Por essa razão é que são necessários testes in vitro e in vivo antes de se disponibilizar uma nova entidade química para uso humano. Ainda assim, com o tempo de uso, novas perspectivas acerca da utilização da substância surgirão. O uso prolongado e frequente podem ocasionar consequências não previstas quando a substância foi isolada ou desenvolvida. O mais importante disso tudo é estar sempre atento para as tendências e pesquisas científicas para estar sempre bem informado. Principalmente que desenvolve novos produtos.

Saiba Mais: http://en.wikipedia.org/wiki/Coumarin

Artigo original: MONTAGUE-JONES, G. Research group raises health alarm over coumarin. Acesso em 02/01/2008.